Megaferrovia que liga oceanos entra no plano de Dilma

Essa é uma daquelas ideias que já deviam ter saido do papel há muitas décadas. Maldita hora em que o ex-presidente Washington Luiz disse que “governar é construir estradas”. E construiram. Sulcaram o país com rodovias que só encarecem o custo das mercadorias e torna o povo brasileiro refém dos motoristas de caminhões.

Uma carga de uma tonelada transportada por 100 quilômetros sobre caminhões custa cerca de R$50,00 (cinquenta reais). A mesma carga na mesma distância transportada por trilhos custa R$5,00 (cinco reais), enquanto por mar, sobre navios, custaria R$0,50 (cinquenta centavos).

O Brasil, em termos de transporte de cargas, é um dos países mais “burros” e atrasados do mundo. Transporta cargas do Oiapoque ao Chui, atravessando o país de norte a sul sobre caminhões, quando poderia despachá-las de navio até o porto mais próximo do destino, completando o percurso sobre trilhos ou mesmo caminhões nos trechos menores ou finais. Leia aqui

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s