Delator que acusou Cunha também fez repasse à Assembleia de Deus

O pior tipo de canalha é o que se esconde atrás de religião. O que tem de criminoso disfarçado de pastor evangélico circulando por aí é uma barbaridade.

Aos tontos que estufam o peito e alardeiam honestidade e estarem livres do pecado e salvos por Deus, com o orgulho mais idiota do mundo unicamente por serem evangélicos, vai uma perguntinha bem simples, direta, rasteira e objetiva: em quantos escândalos de corrupção algum padre ou mesmo a Igreja Católica já foi investigada aqui no Brasil?

Os evangélicos vivem acusando a Igreja Católica de pedofilia, mas o que existe de queixa-crime e processo criminal por abuso sexual e estupro de vulneráveis contra pastores evangélicos é uma monstruosidade e a população nem fica sabendo porque os advogados dos meliantes requerem segredo de justiça para garantir a integridade física dos criminosos e os juízes acabam deferindo o pedido objetivando evitar que os maníacos sejas estuprados por companheiros de celas e ainda, impedir a exposição da igreja e a perseguição de seus membros.

A Igreja Católica reuniu todos os documentos deixados pelos apóstolos e discípulos de Cristo, os traduziu das diversas linguas antigas nas quais estavam escritos para o latim e os compilou no que hoje os cristãos conhecem como bíblia, que não foi escrito por Deus e muito menos é a Palavra de Deus. Foi escrita muito depois das morte de Jesus Cristo, bem como não foi escrita pelos apóstolos que lhes emprestam seus nomes, mas por homens comuns que viviam em comunidades cristãs e colocaram no papel o que ouviram dizer sobre as histórias que os evangelistas contavam aos seus discípulos. O Evangelho mais antigo, o de Marcos, foi escrito após o ano 70d.C. Os evangelhos de Mateus e Lucas, nos anos 90d.C, e o Evangelho de João, o último dos evangelhos ditos canônicos , após o ano 110d.C.

A única coisa que Martinho Lutero fez foi traduzir a Vulgata (como se chama a bíblia em latim) para o alemão. A rebeldia do padre Lutero só virou movimento de ruptura com a Igreja Católica graças aos príncipes que não tinham direito a herança e estavam loucos (babando, na verdade) de vontade de secularizar (invadir e tomar posse) das terras da Igreja Católica e empurraram Lutero para a “boca do leão”. Se não fosse isso, Lutero teria tido o mesmo fim de outros rebeldes que ousaram pedir aos papas da época um pouco de decência e honestidade. Lutero teria acabado na fogueira, virado churrasco igual Wilcliff e Huss.

A Igreja Católica foi a primeira instituição a se preocupar e a cuidar dos enfermos, dos doentes mentais, dos pobres, dos desvalidos, criando para isso os primeiros hospitais públicos – os Hospitais de Caridade, também chamados de Santas Casas de Misericórdia.

Foi a primeira instituição e se preocupar com a educação, criando todo o sistema de ensino existente hoje, sendo ela a criadora do método científico utilizado até hoje. O método científico, criado para confrontar o pensamento dos renascentistas e dos iluministas, tornou-se o maior “tiro na culatra” de todos os tempos. O método criado para proteger a igreja das heresias científicas tornou-se um verdadeiro algoz da fé.

O que está escrito nas linhas acima não é uma defesa da Igreja Católica. São verdades históricas, sacramentadas por historiadores, muitos deles ateus, e que os evangélicos não aceitam ou fingem não conhecer. 

Os robôs religiosos que leiam o livro Zelota: a vida e a época de Jesus de Nazaré, escrito pelo historiador iraniano Reza Aslam, que se converteu ao cristianismo quando sua familia teve que fugir do Irã para os Estados Unidos por causa da revolução dos aiatolás, em 1979, e tirem suas conclusões, se é que ainda sobrou um pouco de bom senso, inteligencia e juízo em suas cabeças. Leia mais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s