Esquerdopatas desesperados partem para a chantegem

Neste artigo (leia aqui) o articulista Janio de Freitas, da Folha de São Paulo, apela à chantagem emocional no afá de demover a Polícia Federal da tarefa constitucional – obrigação de ofício e não vontade própria ou política – de investigar os crimes cometidos por Lula e sua quadrilha.

Alega o articulista que a Polícia Federal só recebeu o devido valor, as necessárias condições de trabalho e salários graças a um “ministro especialmente nomeado por Lulapara reformular a instituição. Isso é pura balela! O desgoverno apenas cumpriu obrigação e não há mérito nenhum em fazer aquilo que é de obrigação.

O articulista apela à consciência dos Policiais Federais citando “supostos” desvios funcionais e crimes cometidos por servidores da autarquia com claro objetivo de contrangê-los diante da população. Ora, pois, todas as organizações abrigam criminosos que nela se infiltram para obter vantagens. Isso acontece em igreja, onde se encontra o maior número de vigaristas por metro quadrado em todo o mundo; também acontece nos esportes e até na Maçonaria, que anda infestada de picaretas que, aparentemente, tem paralisado e tolhido a honra e o patriotismo dos Maçons que até agora não fizeram nada para arrancar a bandidada comunistoide do poder. Na Polícia Federal não é diferente. Há sempre criminosos infiltrados, mas em todos os casos, são descobertos e acabam no lugar que lhes é devido: na cadeia e no panteon dos piores e mais odiados cidadãos da história.

Não existe crime perfeito e impossível de ser descoberto. O que acontece é crime descoberto, mas não divulgado por motivos escusos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s