Para sair da crise econômica, o Brasil não pode produzir injustiça social

Este texto, do mestre em ciências política e doutor em educação, atem-se em atacar as ideias do economista Armínio Fraga, não conta que o dinheiro que falta à saúde e à educação é torrado em corrupção, politicagem barata, propina, criação de cargos de confiança para acomodar cúmplices e outros gastos que não interessam ou beneficiam o contribuinte que paga a conta.

Armínio Fraga é um dos pais do Plano Real, que estabilizou o país, derrotou a inflação e legou ao estadista de galinheiro, o imprestável e abestado Lula, a prosperidade que ele esbanjou e se apropriou como criação dele, em seu primeiro desgoverno, destruindo esta mesma estabilidade e prosperidade com as ideias ridículas da matriz econômica desenvolvimentista, defendida por Aloyzio Mercadante, Guido Mantega e outros econo-imbecilóides (mistura de economista com imbecil) que destruiram os fundamentos do Plano Real e, junto com a corrupção que o morubixaba Lula, o grão-estadista de galinheiro, institucionalizou no desgoverno, enterraram o Brasil no mar de lama em que se encontra. Leia mais

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s