O comuna safado Leonardo Boff defende Lula com unhas e dentes

Leonardo Boff é um comunista ortodoxo que, por causa de sua devoção aos ditadores assassinos e sanguinária como Stalin, Fidel Paredón Castro, Pol Pot, e demais lixos comunas produzidos pela história, foi excomungado pela igreja católica. 

Seu algoz foi o papa João Paulo II, representado pelo cardeal Ratzinger, seu sucessor no papado. 

Leonardo Boff falando e um cachorro cagando tem o mesmo valor e credibilidade. Leia mais

Chegou a hora do povo brasileiro ver se alguém se salva na corruptolândia tupiniquim

Lula tem que apodrecer e morrer na cadeia. Não pode se candidatar a nada.

Os MERETRÍssimos senhores juízes tem que mostrar para o psicopata que vivemos sob o império da lei e não das vontades de delinquentes sem limites como este canalha, corrupto, LADRÃO, etc, etc, etc… e sua quadrilha.

Chegou a hora de vermos se os magistrados desta republiqueta de bananas tem um mínimo de dignidade, orgulho próprio e vergonha na cara, respondendo à altura a todos os insultos que o molusco etílico com QI e DNA de ameba em coma alcoólico proferiu contra eles.

Se os milicos tupiniquins tivessem tido um pingo de bom senso, teriam mandado este imprestável e sua corja de inúteis para o inferno, quando os prenderam. Teriam  prestado um enorme serviço à Pátria e à humanidade.